Image Map
CATEGORIAS FECHADAS:
DESIGN SIMPLES


PREVISÃO DE ABERTURA:
15/02
Image Map

RESENHA: Para todos os garotos que já amei


PARA TODOS OS GAROTOS QUE JÁ AMEI
DIREÇÃO: SUSAN JOHNSON / AUTORA: JENNY HAN
________________________________
___________________________________________________







SINOPSE: Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos. Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.

GÊNEROS: Comédias. Comédias Românticas, Comédias Adolescentes
________________


LEITOR: PURPLE DYNAMITE
DATA DA RECOMENDAÇÃO: 13/10/18
_______________


RESENHA DE FILME/LIVRO
___________________________________
___________________________________________________________


APRESENTAÇÃO DA OBRA 

IREI FALAR TANTO DO FILME QUANTO DA OBRA LITERÁRIA, POR TANTO, SEMPRE MENCIONEI QUANDO FOR DE CADA. MAS, EM GERAL, TANTO FILME COMO LIVRO SÃO BEM CONSISTENTES E SEMELHANTES EM SEUS ENREDOS PRINCIPAIS. LARA JEAN É UMA JOVEM, DE DESCENDÊNCIA ASIÁTICA - COREANA, PARA SER MAIS EXATA, UM TANTO TÍMIDA FORA DA SUA ZONA DE CONFORTO. ELA NUNCA REALMENTE TEVE UMA EXPERIÊNCIA AMOROSA, MAS É UMA ROMÂNTICA, COM SEUS FILMES E LIVROS, E ACABA FANTASIANDO DEMAIS E SE APAIXONANDO PLATONICAMENTE. POR ISSO, ESCREVE CARTAS, ONDE EXPÕE TODOS OS PORQUÊS E RAZÕES DE SE VER APAIXONADA, ENDEREÇANDO AOS GAROTOS QUE DESDE SEMPRE SE INTERESSOU, MAS NUNCA AS ENVIA. AS CARTAS ERAM PESSOAIS DEMAIS - E ÍNTIMAS DEMAIS. MAS, OBVIAMENTE, UM DIA, SUAS CARTAS SÃO MANDADAS SEM EXPLICAÇÃO E ELA PRECISA LIDAR COM O IMPACTO DE TER SEUS SEGREDOS E SENTIMENTOS EXPOSTOS, SENDO OBRIGADA A ENCARAR A REALIDADE. E COMO ELA RESOLVE LIDAR COM ISSO PODE MUDAR SEU DESTINO PARA SEMPRE.

ESTRUTURA DA OBRA

A ADAPTAÇÃO É UMA PRODUÇÃO NETFLIX, E POR TANTO, É SUPER COMPLETINH/A QUANTO AO MATERIAL DE DIVULGAÇÃO - TEMOS POSTÊRS, DIVERSAS CAPAS QUE TROCAM COM O TEMPO NO CATÁLOGO, FORA OS TRAILERS, CHAMADAS E ENTREVISTAS. COM 99 MINUTOS DE DURAÇÃO, O LONGA NÃO POSSUI UMA SEQUÊNCIA CONFIRMADA, MAS COM TAMANHO SUCESSO E UMA CENINHA PÓS CRÉDITOS, É DE SE ESPERAR QUE TENHAMOS. ISSO PORQUE A OBRA ORIGINAL É UMA TRILOGIA, QUE TEM OS TÍTULOS “PARA TODOS OS GAROTOS QUE JÁ AMEI”, “PS: AINDA AMO VOCÊ” E “AGORA E PARA SEMPRE, LARA JEAN”, COM 320, 304 E 304 PÁGINAS RESPECTIVAMENTE. TODOS OS LIVROS POSSUEM UMA MESMA ‘VIBE’ NA CAPA, E ELAS SÃO BEM SIMPLES E DELICADAS, COM UMA FONTE QUE REMETE UMA CALIGRAFIA MANUAL E A PRÓPRIA PROTAGONISTA.

ANÁLISE DA OBRA

O FILME COMEÇA COM AQUELA INTRODUÇÃO BÁSICA SOBRE O DIA A DIA DA LARA JEAN, APRESENTA OS MEMBROS DA SUA FAMÍLIA, COMO FUNCIONAM SUAS CARTAS E SEU GRANDE E SUPREMO CRUSH PROIBIDO - AFINAL, ELE É NAMORADO DA SUA IRMÃ (E ISTO NÃO É SPOILER!).... TUDO EM SEUS PRIMEIROS CINCO MINUTOS.

E, MESMO ASSIM, NÃO É CORRIDO. É UM RITMO BOM E GOSTOSO, ONDE AS CENAS NÃO FICAM TÃO RECORTADAS, E VOCÊ ENTENDE COMO É A RELAÇÃO FAMILIAR, O JEITO SONHADOR DA LARA JEAN EM POUCO TEMPO E SE PREPARA PARA O INÍCIO DO PLOT EM SI: A REVELAÇÃO DAS CARTAS.

E MESMO ANTES DO REAL MOVIMENTADOR DA TRAMA COMEÇAR, VOCÊ PEGA TODO O RITMO DE MUDANÇA, ISSO PORQUE A IRMÃ MAIS VELHA DE LARA JEAN ESTÁ INDO PARA A UNIVERSIDADE, ELA FICARÁ COMO IRMÃ MAIS VELHA E TUDO A EMPURRA PARA NOVOS HÁBITOS. E NESSA CENA DE DESPEDIDAS VEMOS E ENTENDEMOS BEM A PERSONALIDADE DE SUA FAMÍLIA: A PRATICIDADE DE MARGOT - A MAIS VELHA, O GOSTO PELO DRAMA E SENTIMENTOS DE LARA JEAN - A DO MEIO, A IMPACIÊNCIA E IMPERTINÊNCIA DE KITTY - A MAIS NOVA E UM PAI QUE, MESMO SOLO, É PRESENTE E AMOROSO.

A KITTY É BASTANTE O ALÍVIO CÔMICO DA HISTÓRIA E SUA PRESENÇA É SEMPRE DIVERTIDA, E, COM A ENTRADA NO AMBIENTE ESCOLAR, TEMOS UMA APRESENTAÇÃO BEM CLÁSSICA E CLICHÊ DOS DEMAIS PERSONAGENS QUE VÃO INTERAGIR COM NOSSA PROTAGONISTA, EXPLICANDO CADA UM COM SUAS POSIÇÕES SOCIAIS, FALANDO DO PASSADO E COMO TODOS SE RELACIONAM HOJE EM DIA - DA PATRICINHA QUE VOCÊ SENTE QUE SERÁ O EMPECILHO ATÉ A AMIGA DIFERENTONA E UM EX-DESTINATÁRIO DAS CARTAS.

E ~SPOILER ALERT~ FICA MEIO QUE BEM ÓBVIO QUEM É RESPONSÁVEL POR TODA A BAGUNÇA, POIS APÓS UM DIÁLOGO BEM INTERESSANTE, NOSSA PROTAGONISTA É RECEPCIONADA NA AULA DE EDUCAÇÃO FÍSICA POR PETER K., UM DOS DESTINATÁRIOS, RECÉM SOLTEIRO, COM A CARTA QUE ELA ESCREVEU EM MÃOS.

CLARAMENTE NÃO ERA ALGO QUE ELA ESPERAVA, POIS SUA REAÇÃO É DE ABSOLUTO DESESPERO, O QUE CHEGA A SER BEM ENGRAÇADO E CONSTRANGEDOR. É ÓBVIO O DESESPERO QUE ELA TEM QUE TODOS RECEBAM AS CARTAS, TENDO UMA REAÇÃO NO MÍNIMO IMPULSIVA.

ISSO CRIA UMA PROXIMIDADE FORÇADA COM PETER, AFINAL ~TALVEZ SEJA UM SPOILER~ ELES DECIDEM UNIR O ÚTIL AO AGRADÁVEL, USANDO UM AO OUTRO, E A PARTIR DAÍ, COMEÇAMOS A VER A RELAÇÃO DOS DOIS DESENROLAR EM UMA AMIZADE CHEIA DE TROCAS, SEGREDOS, RISOS E CONTRATOS. É MUITO DIVERTIDO VER ESSAS PESSOAS BEM DIFERENTES INTERAGINDO, MISTURANDO SUAS REFERÊNCIAS - ELES ACABAM SE RETIRANDO DA ZONA DE CONFORTO, E ENTRANDO DEMAIS NA ROTINA UM DO OUTRO.

E DAÍ PARA FRENTE, SÃO 60 MINUTOS BEM FOFOS - E NÃO TÃO PREVISÍVEIS, DE UMA LINDA COMÉDIA ROMÂNTICA, QUE VAI TER OBVIAMENTE SEUS MOMENTOS DE TENSÃO, DESCOBERTA E ETC.

A PARTE POSITIVA É QUE TUDO ISSO SE DESENROLA MUITO BEM, NÃO TEM MUITA ENROLAÇÃO, E VOCÊ SE APROFUNDA CADA VEZ MAIS NO CASAL E PASSA A TORCER LOUCAMENTE QUE ELES PASSEM A VER COMO TUDO JÁ FOI BEM ALÉM DE UM SIMPLES TRATO.

COMO FÃ OBSESSIVA DESSE GÊNERO, O FILME NÃO TRÁS NADA DE ABSURDAMENTE NOVO, MAS NÃO CHEGA A SER RIDICULAMENTE PREVISÍVEL E, SEU MAIOR MOMENTO DE TENSÃO FOGE UM POUCO DO CLICHÊZÃO DE APOSTAS, GRANDES ARMAÇÕES, PORTANTO, MESMO COMO AS TREMENDAS REFERÊNCIAS DA LARA JEAN A FILMES DO GÊNERO, PARA TODOS OS GAROTOS QUE JÁ AMEI NÃO FICA COMO SÓ MAIS UM E REALMENTE TEM UM AR NOVO E ESPECIAL. 

FALANDO DA ADAPTAÇÃO EM SI, A OBRA É MUITO FIEL, E É DE SE ESPERAR, AFINAL, A ROTEIRISTA É A AUTORA, ENTÃO HÁ POUCAS COISAS MODIFICADAS - ELES ACABARAM INSERINDO UM PLOT DO SEGUNDO LIVRO NO FILME E, SE VOCÊ NÃO LEU, NÃO SE INCOMODA, POIS É UM FATO QUE TRÁS MAIS MOVIMENTAÇÃO E CONFLITO NA HISTÓRIA, MAS ROLA UMA DECEPÇÃO APÓS LER, AFINAL, EU GOSTARIA MESMO DE TER UM MOMENTO A PARTE SÓ PARA ISSO, ENVOLVENDO MAIS PERSONAGENS QUE SÓ CHEGAM DEPOIS.

LER O LIVRO, ALIÁS, É UM COMPLEMENTO ESSENCIAL. NÃO SEI COMO É POSSÍVEL, MAS O CASAL E O ROMANCE DA HISTÓRIA É AINDA MAIOR NO MOMENTO DA LEITURA, QUE TEM AINDA MAIS MOMENTOS ESPECIAIS E FRASES MARCANTES. O PRÓPRIO MODO COMO O PETER E A LARA JEAN SE RE-ENCONTRAM NO LIVRO TEM UM CHARME A MAIS - NADA DE ESCOLA POR AQUI.

O RITMO DE LEITURA É ABSURDAMENTE BOM, UMA VEZ QUE DEVOREI A TRILOGIA EM MENOS DE UMA SEMANA, DESESPERADA POR CADA NOVO CAPÍTULO. AS PALAVRAS FLUEM E VOCÊ É CAPAZ DE COMPREENDER COM MUITA FACILIDADE, LOGO SE LIGANDO AOS SENTIMENTOS E O RITMO DA OBRA, ANSIANDO POR MAIS, PARA SABER MAIS DO DIA E DA HISTÓRIA DESSES PERSONAGENS COM OS QUAIS VOCÊ LOGO SE IDENTIFICA.

NO LIVRO A GENTE CONHECE UM POUCO MAIS DA VIDA DESSES PERSONAGENS LONGE DA ESCOLA, E HÁ MAIS PROFUNDIDADE, COISA QUE EU ACHO QUE FICA FALTANDO NO FILME. FICAMOS TÃO ENVOLVIDOS NA BOLHA COLEGIAL QUE NÃO SOMOS APRESENTADOS A RELAÇÕES MAIS COMPLEXAS ENTRE OS PERSONAGENS E, NA HORA DA LEITURA, A AUTORA NÃO DECEPCIONA, PONDO MUITO MAIS QUE SÓ O ROMANCE NA HORA DE DESENVOLVER CADA PERSONAGEM.

TEMOS MUITO MAIS DRAMA AO SE VIRAR PÁGINA A PÁGINA, E É REALMENTE MUITO BONITO COMO A AUTORA FOCA NAS TRADIÇÕES, CULTURAS E RELAÇÕES FAMILIARES ENTRE AS 300 PÁGINAS DE CADA LIVRO.

NO FIM DO PRIMEIRO, VOCÊ FICA COM UM GOSTINHO DE QUERO MAIS E AS OUTRAS DUAS OBRAS NÃO ESTÃO ALI APENAS PARA GANHAR MAIS DINHEIRO. HÁ UMA BOA CONTINUAÇÃO, A HISTÓRIA NÃO SE TORNA REPETITIVA - NEM COM SEUS MOMENTOS DE CLÍMAX OU COM AS RESOLUÇÕES. A HISTÓRIA PASSA POR UM AMADURECIMENTO, ASSIM COMO A PRÓPRIA LARA JEAN PASSA E ISSO É MUITO INTERESSANTE PARA O LEITOR, QUE NÃO SE SENTE SÓ REVENDO OS MESMOS PERSONAGENS, HÁ ALGO NOVO A SE APRENDER SOBRE ELES.


RECOMENDAÇÃO DA OBRA

COMO JÁ DISSE, ESSE É UM GÊNERO QUE CONSUMO DE FORMA ABSURDA. AMO COMÉDIAS ROMÂNTICAS. AS COLEGIAIS ENTÃO? MEU TIPO DE FILME.

ENTENDO QUE MUITOS JÁ ESTÃO ENJOADOS DESSE GÊNERO, QUE DE CERTA FORMA, TEM UMA FÓRMULA E NÃO CONSEGUE MAIS ASSISTIR, MAS AQUI TEMOS UM DIFERENCIAL: ALÉM DE TODA A QUESTÃO DE REPRESENTATIVIDADE, ONDE AS ATRIZES DE FATO TEM DECÊNCIA ASIÁTICA, A HISTÓRIA TRATA DESSE TEMA COM UMA ABORDAGEM E RITMO DIFERENTES E VALE A PENA SE ARRISCAR, E SE APAIXONAR TAMBÉM POR ESSE GÊNERO.

EU MAL NOTEI QUE ESTAVA HÁ 90 MINUTOS VENDO AQUELA HISTÓRIA, E A CARISMA DE TODOS OS PERSONAGENS É BOA DEMAIS, A QUÍMICA FUNCIONA E NÃO DÁ PARA NÃO SE DEIXAR LEVAR COM TUDO AQUILO. O FILME TEM DELICADEZA, TEM UM VISUAL IMPRESSIONANTE E EU REALMENTE AMEI TODO O CENÁRIO DO QUARTO DA PROTAGONISTA E SEUS VISUAIS, REFLETEM MUITO SOBRE ELA E CUMPRE ESSE PAPEL DO CINEMA DE TE MOSTRAR ALÉM DA ATUAÇÃO E DIÁLOGOS.

E AH! QUE DIÁLOGOS! TEM MOMENTOS BEM MARCANTES E VOCÊ COM TODA A CERTEZA IRÁ SE LEMBRAR DE TODOS, MESMO DEPOIS DO FIM DO FILME.

ALÉM DO MAIS, TEM NOITES ONDE PRECISAMOS DE UMA COMÉDIA QUE MOSTRE TODOS OS NOSSOS DESEJOS FRUSTRADOS DE ADOLESCÊNCIA. É ISTO.

E O LIVRO É ABSOLUTAMENTE GOSTOSO, VOCÊ IRÁ PERDER A NOÇÃO ENQUANTO LÊ, E NÃO HÁ PRESENTE MELHOR QUE ESSE, SE DESLIGAR DO UNIVERSO E LER UMA BOA HISTÓRIA. FORA QUE A LARA JEAN ROUBOU MEU CORAÇÃO E ME APAIXONEI E TORCI A CADA PÁGINA, SOFRENDO, CHORANDO E GRITANDO EM CASA, SEGURANDO A TELA DO MEU I-BOOK. A EXPERIÊNCIA DE CONHECER MAIS A FUNDO TODOS AQUELES PERSONAGENS QUE ME APAIXONEI NA TELA FOI INCRÍVEL E NÃO SEI SE É MELHOR COMEÇAR POR UM OU POR OUTRO, AMBOS TEM SEUS PONTOS FORTES E EM NENHUM PONTO, NÃO ME DECEPCIONEI COM NENHUMA DAS PARTES.

LI ESSES LIVROS EM UM MOMENTO MEIO DESANIMADO E, HONESTAMENTE? ME DEU AQUELE AR DE ESPERANÇA E TODA ESSA MAGIA QUE HISTÓRIAS LOUCAS DE AMOR ADOLESCENTES SÃO CAPAZES DE TRANSMITIR.

POR FAVOR! LEIAM E TENHAM UMA EXPERIÊNCIA MAIS QUE COMPLETA E COMENTEM POR AQUI COMO VOCÊS SE SENTIRAM E SE CONECTARAM.

IDENTIFICAÇÃO DO AUTOR

FOI O PRIMEIRO FILME QUE VI COM ESSA DIRETORA, ASSIM COMO A PRIMEIRA LEITURA DE JENNY HAN. ACHEI O FILME BASTANTE DELICADO, COM UM RITMO MARAVILHOSO E NOTEI COMO A PRODUÇÃO INVESTIU E SE PREOCUPOU COM A FOTOGRAFIA, COM A ESCOLHA DO ELENCO, DE FIGURINOS E MUITO MAIS. APÓS ALGUMAS CRÍTICAS, VI OPINIÕES PROFISSIONAIS QUE CONSIDERAM A DIREÇÃO MUITO SEGURA E ETC, MAS, PARA UMA LEIGA E CONSUMIDORA DESSE MATERIAL DE COMÉDIA ROMÂNTICA, ACHEI QUE TUDO FLUIU BEM E EM NENHUM MOMENTO A DIREÇÃO ME DESCONCENTROU OU ATRAPALHOU DE MODO QUE NÃO ME FOCASSE NA HISTÓRIA.

JÁ SOBRE A LEITURA EM SI, FOI RÁPIDA, GOSTOSA E SIMPLES. A AUTORA PASSA MUITO BEM AS SENSAÇÕES DA LARA JEAN, ENTÃO FOI FÁCIL DEMAIS ME PERDER E NÃO CONSEGUIR MAIS NADA ATÉ FINALIZAR A TRILOGIA. EU AMEI A ESCRITA E COMO A AUTORA DESENROLA TEMAS QUE TEM TUDO PARA SER CLICHÊ, DANDO PROFUNDIDADE A TODOS OS PERSONAGENS, ATÉ MESMO AQUELES QUE NÃO APARECEM O TEMPO TODO, LOGO, FOI UMA PRIMEIRA EXPERIÊNCIA MARAVILHOSA E PRETENDO IR ATRÁS DE MAIS SOBRE ELA E SEUS LIVROS.


AVALIAÇÃO FINAL
4.5/5.0



1 comentário:

  1. Achei muito fofinho tudo e a resenha resumiu bem meus pensamentos - apesar de eu não ter lido os livros, então não posso opinar quanto aos comentários que se referem a eles.
    Lembro de o filme ter me arrancado algumas risadas e costumo falar dele como o que falo sobre The Duff ou qualquer outra comédia-romântica-colegial-clichê-adolescente (ufa): É aquele tipo de filme esquecível, mas que te deixa com o coração quentinho e vontade de ver mais <3

    ResponderEliminar

Image Map
Image Map
Codification and Design: RddleWho | Pagination and Design: Madame Gorgona and Purple Dynamite | Todos os direitos reservados © Moodboard